domingo, 10 de julho de 2016

Coisas esdrúxulas 18


(Para entreter os que não vão à missa enquanto não chega logo)

Abúlico e apático, o búfalo mastiga uma folha de erva verde cinza. Ainda lhe custa engolir e não engole a erva que mastiga tão só, tal a lembrança do pafúncio atrevido que por pascácio o tomou, búfalo digno e solene e possante. Não foi caso de pecúlio extorquido nem pécora disputada. Ou de epíteto malévolo ou chiste pacóvio. O búfalo, colérico embora, de tais tratos sairia incólume, demos-lhe da sapiência o mérito. O reparo sulfúrico não lhe faria subir a mostarda ao nariz, nem em tal desânimo o lançaria, reconheçamos-lhe o dom. Não há cáfila de tratantes que tal prostração lhe causasse. Nem sínodo de crápulas que tal fraqueza lhe trouxesse. O búfalo, abúlico e apático, mastiga a folha de erva verde cinza ruminando, babilónico e triste, sobre o canário amarelo e musical como um pífaro que todas as tardes esvoaça por cima da sua cabeça, negra e muda como um seixo onde o mânfio pousa fátuo, e inveja-lhe o cântico e o facto simples e efémero de que esvoace.

4 comentários:

  1. Enquanto não chega logo. Muito bom.

    ResponderEliminar
  2. Há bastante tempo que eu não encontrava duas palavras desconhecidas numa leitura. E logo sobre insultos finos matéria a que tenho prestado um pouco de atenção. "Just in case"...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pascácio [tolo cf. Dic. Aurélio]
      pécora [meretriz (idem)

      Eliminar

Não são permitidos comentários anónimos.