sexta-feira, 2 de março de 2012

The office

Vi há alguns anos todos os episódios da série inglesa The Office. Só muito recentemente comecei a ver a versão americana, que começou em 2005 e já vai na oitava série. Para minha surpresa, esta consegue superar a original. O genial Richy Gervais continua a ser o autor, mas os actores são melhores, destacando-se Steve Carell, provavelmente o melhor actor de comédia da actualidade.

A meu ver, não é exagero considerar The Office a coisa mais original que apareceu, em termos humorísticos, desde os Monty Phython. Steve Carell é Michael, um chefe incompetente e idiota que tenta ser um gajo porreiro e engraçado como forma de compensar a sua inépcia. O problema é que as suas piadas e brincadeiras são um desastre, ofendendo constantemente os outros. E não há nada mais triste do que querer ser engraçado e não ter graça nenhuma. Curiosamente, o segredo da série está aí e na grande probabilidade de todos nós já termos tropeçado nalgum Michael e companhia.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.