sexta-feira, 24 de maio de 2013

Palhaço, palhaço não será, mas...

Para proteger a sua dignidade política, Cavaco recorre a um artigo do Código Penal especificamente escrito para o Presidente da República. No entanto, no fim do mês, prescinde do salário de Presidente da República, para receber uma pensão mais elevada.

Se percebo bem, na altura de receber o ordenado, Cavaco é pensionista. Quando lhe convém, em matéria criminal, é presidente. Pode não ser palhaço, mas lá que é hipócrita...

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.