quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Contos zen para crianças boas 80

1.      Cavalgamos por aquele bosque cerrado, até chegarmos a uma clareira pequena, após atravessarmos um rio veloz, com os nossos cavalos já cansados, porque lutámos contra ursos e cavalgamos desde madrugada, sob a ameaça dos lobos, para chegarmos ainda nessa noite, ou entre a noite e a alvorada, sem parar um minuto que seja, nem perante o evidente cansaço dos cavalos, nem por causa de uivos aterradores, ou de árvores fantasmagóricas, à clareira pequena onde nos espera refúgio de ursos e lobos, alimento para cavalos e uma cama merecida junto a uma fogueira crepitante. Não somos salteadores, nem príncipes. As aventuras acontecem a qualquer pessoa.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.