sábado, 5 de setembro de 2015

Lavemos as mãos

Como uma directiva da União Europeia, desresponsabilizando-se, leva à morte de tantos refugiados. Já sabia desta regra, mas, burro como sou, nunca tinha somado 2+2. 





Nós, europeus, não somos os únicos culpados. Estamos, aliás, longe de ser os principais culpados por esta tragédia. Mas também somos culpados.

8 comentários:

  1. Luis,
    Achei este video bem interessante e comecei a pensar se não seria bastante fácil elucidar e pressionar as companhias aereas que pudessem ter impacto.
    Sucede que fui pesquisar voos (skyscanner) e a tarefa não é fácil. De Damasco (e arredores) para Estocolmo (vários aeroportos), não encontrei nenhum vôo em Setembro. De Damasco para Lisboa (idem) encontrei vôos dia 1 de Outubro, mas a 1600-2000€ pp e com 2 escalas minimo. Para Londres volto a não encontrar vôos em Setembro/Outubro.
    Não quero ser desmancha prazeres, mas secalhar há algumas limitações a esta teoria...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me parece que haja grandes limitações. É verdade que é bem mais barato (e, principalmente, menos arriscado) viajar desses países para países europeus usando transportes padrão, que podem ser barco ou avião, do que recorrendo ao contrabando.

      Eliminar
  2. Então vai ter de me mostrar como é que se faz essas viagens padrão e qual o seu custo (as que encontrei não eram assim tão mais baratas).
    Se existirem e se puderem embarcar, naturalmente que são mais seguras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou ter de lhe mostrar? Catarina, vá a uma agência de viagens.

      Eliminar
    2. Dá mais trabalho do que procurar videos no youtube, de facto. Desculpe lá o incómodo

      Eliminar

Não são permitidos comentários anónimos.