quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Romanos

Na primeira temporada dos Sopranos, um judeu tem o azar de cair nas mãos do gangue de Tony Soprano. É torturado, mas não cede. Um dos capos, espantado com a resistência do homem, chama de emergência o big boss. Quando chega, Tony Soprano ameaça de imediato com métodos ainda mais radicais. O judeu, em tom de desafio, diz-lhe então (não me lembro das palavras exactas):
- Os romanos perseguiram, humilharam, torturaram e mataram muitos judeus, mas nós cá continuamos, e onde é que estão os romanos agora?
- Os romanos somos nós, idiota – responde-lhe o Tony.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.