quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Três tempestades

O furacão Irma deverá virar para norte no Sábado, com o seu centro provavelmente a atingir o continente dos EUA perto de Miami, Florida, na manhã de Domingo; o centro da tempestade deverá viajar ao longo da costa atlântica da Florida até chegar algures perto da fronteira entre a Geórgia e a Carolina do Sul, na Segunda-feira. A Geórgia emitiu uma ordem de evacuação; o Presidente Trump declarou emergência para a Florida, Geórgia, e Carolina do Sul.

Miami/Dade ordenou a evacuacão de mais de 650 mil pessoas, a maior evacuação de sempre. Será bom que estas pessoas não estejam dentro de um carro quando a tempestade passar porque vai passar bastante depressa. Por um lado, com esta tempestade não haverá muita chuva a cair no mesmo sítio; por outro lado, o vento será muito mais forte e destrutivo do que com Harvey. É comum Miami inundar com pouca chuva, logo inundará de certeza se as previsões do percurso do olho do furacão se realizarem, pois, para além da chuva, haverá a subida da maré com a tempestade.

O Governador da Florida, Rick Scott, foi rápido a declarar o estado de emergência para o estado inteiro e a começar a coordenar os esforços a nível local para gerir o impacto da tempestade, tendo também pedido ajuda ao governo federal. A Florida mantém um página permanente de emergência na Internet para informar a população, FloridaDisaster.org e, desde o furacão Andrew (1992), é dos estados mais bem preparados para este tipo de emergências, mas todas as tempestades são diferentes e é difícil prever tudo o que poderá acontecer.

Em Veracruz, no México, irá atingir o Furacão Katia. O Furacão José está no meio do Atlântico, atrás de Irma, mas não deverá ameaçar a costa norte-americana; no entanto, irá afectar algumas das ilhas previamente atingidas por Irma.


Imagem: NBC/NOAA

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.