domingo, 17 de setembro de 2017

Uma lata musical

Sobre os plágios de Tony Carreira e Ricardo Landum, quem me conhece sabe que não vejo grande drama no assunto. Não consigo perceber muito bem quem é que foi prejudicado, e não havendo vítima custa-me que haja crime. Há a questão moral, mas essa é uma questão diferente da penal. E não entendo por que anda o Ministério Público a gastar recursos com estas coisas.
Dito isto, ao ler a reportagem do Observador sobre o Tony Carreira, fiquei a saber que o Ricardo Landum ganhou contra Gusttavo Lima um processo em tribunal brasileira. Qual a acusação? Uso indevido de uma canção da sua autoria. Enfim... se a lata pagasse imposto, não havia défices.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.