segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Estou à espera...

Durante a campanha para as presidenciais, fui informada várias vezes que Hillary Clinton só se interessava por dinheiro, que era por isso que era candidata a Presidente, uma gaja ambiciosa, "money-hungry". A prova disto tudo eram os tais discursos caríssimos que ela fez ao Goldman-Sachs, que é uma empresa que tem ligações com o demónio, a ver pelas reacções à nomeação do José Maria Barroso para conselheiro da dita, ou lá o que era.

Uma vez, ainda tentei explicar aos pobres de espírito e de bolso que Hillary Clinton iria perder dinheiro se fosse Presidente. O salário de Presidente é de $400.000 por ano e ela ganha pelo menos $200.000 por discurso. Imaginem os discursos que ela faz num ano e retirem o salário de Presidente, para ver o custo de oportunidade de Hillary Clinton.

Será $200.000 por discurso muito caro? Não, meus caros! Parem de pensar como pobres e informem-se antes de formar opinião. A Lady Gaga também cobra $200.000/discurso e, sinceramente, não estou a ver o que é que ela tem para dizer que justifique esse dinheiro. Talvez "Baby, I was born this way" aos que ainda não sabiam, mas é mais barato comprar o CD ou a canção no iTunes, como eu faço.

Já o Ben Bernanke cobra $400.000 ou mais por discurso. É verdade! O nosso Ben ganha numa manhã ou tarde o que o Presidente dos EUA ganha num ano. Quantas pessoas é que eu vi andar pelas redes sociais a dizer que Ben Bernanke era um este e um aquele por fazer tanto dinheiro depois de ter saído da Reserva Federal? Nenhuma...

Donald Trump vai prescindir do salário de Presidente. De onde é que irá vir o dinheiro para ele viver? Ora, dos negócios do Trump, claro está. E não acham que vai haver muito empresário que vai fazer negócio com as empresas Trump para ter preferência de acesso ao Presidente? E agora, meus caros, por onde andam vocês para o acusar de ser corrupto?

Hoje, também soubemos que os conselheiros do nosso Presidente-Eleito Trump querem nomear Steven Mnuchin para Secretário da Tesouraria, que é nem mais, nem menos, do que um antigo empregado da Goldman-Sachs. Diz a Bloomberg:

"Mnuchin was tapped into Yale’s Skull and Bones secret society, became a Goldman Sachs partner like his father before him, ran a hedge fund, worked with George Soros, funded Hollywood blockbusters and bought a failed bank, IndyMac, with billionaires including John Paulson. They renamed it OneWest, drew protests for foreclosing on U.S. borrowers, and ultimately generated considerable profits, selling the business last year to CIT Group Inc. for $3.4 billion."

Fonte: Bloomberg

Vá lá, quero ver as reacções ao Trump que vocês tinham à Hillary. Tomem Viagra, se precisam de um empurrão...

2 comentários:

  1. Até já ouvi dizer que os restaurantes que ele costuma frequentar vão aumentar os preços, uma vergonha os empresários quererem ganhar mais dinheiro, bom era a Hillary.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom, bom, era o Luís aprimorar a arte da ironia...

      Eliminar

Não são permitidos comentários anónimos.