sexta-feira, 2 de junho de 2017

As Terras e Pessoas de Portugal

Comecei a ler o livro que a minha amiga me enviou, o tal "The Land and People of Portugal", publicado em 1963, quarta edição revista. O livro é muito fácil de ler e a abundância de detalhes é deveras interessante.

Por exemplo, fiquei curiosa pela forma como os moçárabes são definidos no livro de 1960 (ver fotos abaixo) e fui comparar com a Wikipedia de hoje. O livro fala na tolerância religiosa dos Muçulmanos de há quase 1000 anos, que permitiram aos moçarabes continuar a praticar os seus ritos cristãos. A opressão dos moçarabes era económica, pois tinham de pagar impostos mais altos. Na Wikipédia diz o seguinte, apesar de haver muito mais detalhe à frente:

Os moçarabes eram cristãos ibéricos que viviam sob o governo muçulmano no Al-Andalus. Os seus descendentes não se converteram ao Islão, mas adotaram elementos da língua e cultura árabe. Eram, principalmente, católicos romanos de rito visigótico ou moçárabe.
Os moçárabes eram descendentes dos antigos cristãos hispano-góticos que se tornaram falantes do árabe durante o domínio muçulmano. Alguns eram cristãos árabes e berberes, juntamente com convertidos muçulmanos ao cristianismo, os quais, na qualidade de falantes do árabe, sentiam-se à vontade entre os moçárabes originais.


Fonte: Wikipédia

Deixo-vos algumas páginas do livro que relata a fundação de Portugal para verem como é descrita. O que acham?





Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.