quarta-feira, 10 de setembro de 2014

A mais útil das virtudes

“ (…) o autocontrolo, pelo qual somos capazes de abster-nos do prazer presente ou de suportar a dor para obter maior prazer ou evitar dor maior em tempo futuro. É a união destas duas qualidades que define a virtude da prudência, a virtude mais útil de todas as virtudes.”


Adam Smith (1723-1790) in Theory of Moral Sentiments

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.