sábado, 1 de agosto de 2015

Cadência

"aliada à brisa nocturna, a cadência desta chuva de astros leva-me a supor que também o cosmos terá seus outonos."

~ António Gil

"Cadência" é uma das minhas palavras preferidas. Apareceu-me esta semana enquanto eu estava a ler "A Céu Aberto", um livro de poesia de António Gil, quando ia a caminho do Porto. No dia anterior, tinha ido a Viseu numa visita rápida na qual tomei café com o Gil e jantei com a minha amiga Sofia. 

Eu já tinha tentado comprar "A Céu Aberto" pelo menos duas vezes online, mas estava esgotado. Mandei um e-mail ao Gil porque não conseguia comprar os livros dele. Quando decidi vir a Portugal, o Gil disponibilizou-se a fornecer-me alguns dos seus livros. Eu sei--sou uma gaja de muita sorte. Mas pensem assim: quando se quer muito uma coisa, vale a pena persegui-la e eu queria muito estes livros...



Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.