quarta-feira, 3 de agosto de 2016

De manhã

Às vezes, acordo às 5 da manhã e espero o amanhecer para poder ir tratar dos meus netos: os sapinhos filhotes da Brexit, são apenas umas centenas. Assim que a metamorfose está quase a terminar tenho de os recolher dos berçários e largá-los no jardim, porque já não respiram debaixo de água e podem afogar-se. Tenho de ver os que já estão prontos várias vezes ao dia. 

Hoje tive um duelo com um lagarto anole, que queria comer um dos meus netos. Ameacei-o com um pauzito duas vezes e depois chamei-lhe "cabrão", talvez isso o ensine a não se meter com a nossa família. Sai de baixo, ó lagarto!

P.S. Preciso de uma lei que obrigue os lagartos a ser vegetarianos. Em Portugal podia contar com o apoio do Bloco de Esquerda e do PAN. Nos EUA estou muito mal servida...




Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.