domingo, 7 de agosto de 2016

Filha da mãe

Ivanka Trump é a segunda criança de Trump -- ele tem cinco --, filha do seu primeiro casamento com Ivana Trump, que terminou devido ao affair que ele teve com Marla Maples. Ivanka é a preferida de Trump; ele gosta tanto dela que chegou a sugerir que, se ele não fosse casado (quando é que esse pormenor o impediu?) e ela não fosse filha dele, ele atirar-se-ia à Ivanka.



Esta semana a revista People tem uma entrevista a Ivanka, cujo título é "The Rise of Ivanka Trump". A pessoa que mais ganha com a candidatura de Trump é Ivanka, pois é ela o cérebro da operação e é também quem convenceu o pai a candidatar-se. Não estamos a lidar com Donald, um homem que age como uma caricatura de si próprio; estamos a lidar com uma mulher que foi preparada por Ivana Trump, a mesma Ivana que, supostamente, sacou a Trump no divórcio $20 milhões, uma propriedade avaliada em $14 milhões, $5 milhões para efeitos de habitação, $350 mil de pensão anual, todas as suas jóias, 49% de Mar-a-lago, e o nome de casada.

O treino começou cedo: Ivana mandava Ivanka, aos seis anos, receber os convidados das festas. Ivanka é, acima de tudo, filha da mãe. É improvável que Trump ganhe as eleições, mas daqui a quatro ou oito anos, não será improvável que Ivanka seja ela própria a candidata.



Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.