quinta-feira, 6 de julho de 2017

Frases famosas 28

Wilde, Oscar de seu nome próprio, escreveu.
Nunca se deve fazer nada de que não se possa falar à sobremesa. Eis uma lista provisória. Os candidatos óbvios são assassinato avulso ou por atacado, fuga em frente, regressão infinita. Caça às bruxas, construção de homens de palha, há mais, façam o favor de ir acrescentando. Nós, mudaremos ligeiramente de assunto e trataremos agora da divisão da humanidade entre aqueles que preferem aperitivos e aqueles que preferem sobremesas. Comecemos com dois exemplos. Górgone Elisa deve o nome que tem à deficiente educação literária de seu pai, José. Não sabia este que à filha assim dava uma cabeleira cheia de serpentes. E quando, vendo-as irromper, quis olhá-la nos olhos e pedir-lhe que o perdoasse, ela petrificou-o. Vê-se que de górgones sabia mesmo nada. Só as conhecia de nome, tal como se passou neste outro caso exemplar, o de Josefa, que ao seu infante chamou Pantagruel Elísio, e que terminou os dias enchendo a este a cova de um dente. Se perguntarem onde foi então José buscar um nome de que não sabia nada, e Josefa o mesmo, a resposta é como se segue. Era uma vez dois irmãos, ele alfaiate e ela açafata, que não se podiam ver. O resto da história conta-se a si mesma, regressemos a Josefa. Esta aprendeu as primeiras letras, que seriam as segundas e assim por diante, num livro de receitas da avó. Aproximamo-nos de aperitivos e sobremesas, é razoável supor neste momento. Um livro de receitas que se queira completo inclui ambas as categorias, certamente. Quem sabe foi lendo-o que formou Josefa um gosto especial por uma delas, e esse gosto transmitiu-o ao filho, que por sua vez lhe chamou um figo. Não se pense que arbitrariamente escolhemos dar a Josefa uma preferência por sobremesas ao falar de figos. Também há aperitivos com este fruto. Ou então refeições nas quais se inverte a lógica das coisas e se come no princípio a sobremesa e no fim o aperitivo. Ou se inverte a natureza das coisas e se come à sobremesa o que se comia como aperitivo e o inverso também seria verdadeiro, vulgo vice-versa. Por esta altura já deve a vossa lista ir daqui à lua.
ͫ

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.