quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

O perigo de simplesmente aparecer

Séneca conta-nos uma historieta passada na Roma imperial. Naquela época, foi apresentada ao Senado a proposta de que os escravos usassem em público traje idêntico, para que fossem fácil e prontamente diferenciados dos cidadãos livres. A proposta foi rejeitada por ser muito perigosa, uma vez que os escravos poderiam então reconhecer-se uns aos outros e tomar assim consciência do seu poder. Os intérpretes modernos tendem com certeza a retirar deste episódio a conclusão de que o número de escravos da época devia ser muito elevado. Estão  enganados. Não era isso que afligia os senadores romanos. O que o assisado instinto político romano julgava perigoso era o simples aparecimento em si, independentemente do número de pessoas envolvidas.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.