sábado, 21 de janeiro de 2017

21.01.2017 - Marcha das Mulheres em Berlim



Diversidade, generosidade, harmonia.

Gostei de passar esta hora no meio de pessoas assim, falar com elas, ver que não estou sozinha, enternecer-me com a criatividade e o sentido de humor.
  
Ao sair, deparei-me com um pequeno memorial. Só então me lembrei do risco de atentados terroristas. Se havia ali polícias, não vi. Berlin, Du bist so wunderbar!




























































Na estação de S-Bahn vi as capas de alguns jornais. O diário berlinense Tagesspiegel trazia como título a frase de Trump, "assim Deus me ajude", e acrescentava: "e a nós também".
O Bild era violento, como sempre. Falava do Trump Show. E o Berliner Zeitung congratulava-se por termos conseguido sobreviver ao primeiro dia de Trump, e avisava que agora só temos de sobreviver aos 1460 que se seguem.
A capa do Cahrlie Hebdo alemão sugere que se dê uma oportunidade a Trump, que aparece indeciso em frente a quatro botões para escolher entre:
- expresso
- chocolate quente
- café sem açúcar
- bomba atómica




Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.