segunda-feira, 19 de abril de 2021

Version 3.349

Passei quase o dia inteiro no jardim, mas terminei cedo para conversar com o meu grupo de amigas de Houston. Todas já foram vacinadas e eu, que sou a mais nova, vou ser a última a completar a segunda dose. Nos EUA, cerca de 25% da população já está vacinada, o que é um ritmo adequado para vacinar toda a gente antes do ano terminar. Quando converso com amigos, mesmo com pessoas que não conheço bem, muita gente fala sobre a vacina. Claro que há uns cromos por aqui que são um bocadinho teimosos, mas não nos podemos queixar.

Sempre achei que a União Europeia ia falhar nas vacinas, mas nunca pensei que falhasse tanto. Se o início pode ser complicado para todos, nesta altura, as coisas já deviam ir a velocidade de cruzeiro. O pior é que estão a falhar em tudo: para além das vacinas, a economia está de rastos, os apoios da UE  quando os há, estão a ser usados para manter a economia pré-pandemia, corrupção incluída, quando se devia estar a promover inovação e a criar a economia do futuro... Uma receita para o desastre.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.