terça-feira, 18 de outubro de 2016

Ironia ou má fé?

Nicolau Santos, no Expresso, diz que "É de uma enorme ironia que o menor défice alguma vez alcançado em 42 anos de democracia seja da responsabilidade de um governo do PS, apoiado pelo Bloco e pelo PCP."

O meu português já não é o que era, se é que alguma vez foi alguma coisa, mas não acho isto irónico. Acho que é o produto da má fé de António Costa porque, se um governo de Direita tivesse proposto isto, António Costa teria um fanico no Parlamento e andaria pela Comunicação Social a fazer figura de frango a quem cortaram o pescoço. Que os líderes de Direita não tenham fanicos até é um elogio porque nós sabemos quem mais tem fanicos em política: Donald Trump.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.