segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Não se aborreçam!

Se estiverem muito aborrecidos a ouvir discussões do OE2017, que são muito pouco produtivas, podem sempre ir brincar com os gráficos da Divisão da População da ONU. Lá verão que, neste momento, em Portugal, para cada pessoa com 65 anos ou mais, há cerca de três pessoas com idade entre os 20 e 64 anos (idade activa). Mas entre 2030 e 2035, está projectado que haja apenas duas pessoas em idade activa para cada pessoa com 65 anos ou mais. Ou seja, imaginem que impostos irão ser inventados numa economia estagnada para conseguir pagar os custos de saúde e as reformas dos idosos.

Portugal não tem um plano de curto prazo, quanto mais de longo prazo, mas anda tudo muito preocupado com os malucos dos americanos que se dão ao luxo de ter Trumps e Clintons, mas também têm planos, que cobrem várias décadas, para lidar com o evelhecimento da sua população, para além de a geração dos baby-boomers ser a mais afluente de toda a humanidade. Os americanos têm folga orçamental para ser malucos; os portugueses não têm folga orçamental para geringonças mal-amanhadas.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.