segunda-feira, 24 de abril de 2017

Milagre dos cravos no Texas

Este ano sofri as passas do Algarve aqui em Houston. O meu craveiro andava com um aspecto um bocado fraquito e receei o pior. Não sei se o problema foram as duas noites, em ocasiões diferentes, em que tivemos temperaturas abaixo de zero, apesar do inverno extraordinariamente ameno deste ano, ou talvez o próprio inverno ameno, ou os meus amigos esquilos que seguem a filosofia pseudo-Palinista de "Dig, baby dig!" no meu jardim, só sei que a minha produção de cravos está com um rendimento bastante abaixo do normal. A modos que pensava que estava lixada este ano, sem um cravinho para o 25 de Abril.

Eis que, hoje de manhã, abro a porta das traseiras e deparo-me com este espectáculo! Não é perfeitinho? Tenho para mim que se deu um milagre dos cravos no Texas e eu estou pronta para a Revolução!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.