domingo, 29 de novembro de 2020

Version 2.209

O LA-C postou no Facebook uns videos acerca da sua participação a comentar o caso do Novo Banco no Expresso da Meia-Noite. Na segunda intervenção, o Ricardo Costa disse uma coisa que achei extraordinária. Diz ele que o Tribunal de Contas não tem competência técnica para fazer uma auditoria do Novo Banco porque nunca fez uma e que a Deloitte é muito competente na matéria porque já fez muitas e, mesmo assim, demorou nove meses. Conclui, então, que, se o Tribunal de Contas tentasse fazer uma, demoraria bem mais de nove meses.

Não percebi de onde tirou o Ricardo Costa estas ideias. Quem trabalha numa empresa de consultoria não sabe tudo, mas tem de aprender depressa porque as consultoras são pau para todo o serviço. Para além disso, o trabalho é muito intenso e a mão-de-obra está sempre a sair e a entrar, especialmente em Portugal, onde quem tem quarenta anos já é considerado velho para arranjar emprego. Também não é líquido que o tempo gasto signifique dificuldade. Se calhar demoraram nove meses porque não têm pessoal suficiente para fazer mais rápido ou o cliente não pagou o suficiente para o trabalho ser completado em menos tempo.

Há também que salientar que alguém que tem um curso superior adquiriu conhecimentos suficientes para trabalhar de forma independente e para aprender coisas novas. Não há grande diferença entre a competência das pessoas que vão parar à Deloitte e as que vão parar ao Tribunal de Contas. Muitas até devem ter frequentado a mesma universidade e os mesmos cursos.

Ou seja, o Ricardo Costa informou-se do assunto ou anda a fazer campanha em nome do meio-irmão?

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.