sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Poder de mercado

A TAP decidiu que os voos de Portugal Continental para a Madeira devem pagar uma sobretaxa de €25/voo (mas pode ir até €100), ou seja pelo menos €50 de sobretaxa por ida e volta para bilhetes comprados a partir de 6/12. O que é que a Madeira tem, que os outros destinos não têm, e porquê no mínimo €50, que corresponde quase a 10% de um salário mínimo em Portugal? Será que há excesso de pessoas a querer ir passar o Natal à Madeira? Dizem que sim...

O melhor é ir aos Açores: são muitas ilhas e as economias de escala são lixadas, mas é mais barato. Uma viagem ida e volta (20/12-29/12) de Lisboa a Ponta Delgada custa menos de €136 na classe "Discount" e €155 na "Basic". O da Madeira (Funchal) custa no mínimo €227 na classe "Basic", logo €50 em cima deste preço corresponde a uma sobretaxa de 22% após IVA; se for antes de IVA, é uma percentagem muito maior. Paris é mais barato do que a Madeira; se calhar, está em saldo por causa dos atentados. Madrid também está em saldo.

Sabem uma coisa gira? Se colocarem os nomes das cidades no motor de busca da TAP em português, diz que é um local desconhecido. Para voar TAP é preciso saber inglês. Viva!

2 comentários:

  1. Rita, não conseguiste encontrar os nomes dos destinos em português porque a versão que linkaste é em Inglês. Aqui http://book.flytap.com/r3air/TAPPT/airstart.aspx?market=PT&_l=pt& o sistema reconhece pequim e Xangai :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó pá! Os computadores são mais inteligentes do que eu...

      Eliminar

Não são permitidos comentários anónimos.