sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Não vale a pena

O Pedro Braz Teixeira pergunta no i se o PSD hibernou: não se compreende por que razão não forma um governo sombra e se prepara para governar. Acho que há duas razões principais: (1) os membros do PSD são muito incompetentes; e (2) não vale a pena governar nas piores condições possíveis.

A primeira razão é simples de verificar: se o PSD fosse minimamente competente, conseguiria defender a sua governação. Ora, se nem saíram do governo com dados suficientes para se defenderem das acusações do PS sempre que o PS distorce factos, então não há ninguém com o mínimo de bom senso e pragmatismo no partido.

A segunda já aqui avancei antes: não acho que sirva os interesses do partido e do país ter uma dinâmica em que o PS enterra o país e o PSD sofre as consequências políticas da má gestão do PS. Não é que eu subscreva tudo o que o PSD fez quando foi governo, mas também não acho que o PS teria feito melhor. Pelo contrário, pois este governo Geringonça recebeu um país em muito melhor estado do que o PSD/CDS e não há grande evidência de que consiga ter uma gestão melhor.

Julgo ser só uma questão de coincidência que o PSD esteja a agir maximizando os interesses de longo prazo, em vez de optimizar os de curto prazo. São demasiado burros para o fazer de propósito. É pena porque Portugal merecia ter políticos de melhor calibre intelectual, tanto à direita como à esquerda.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.