terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Pssst...

Querido Parlamento português,
Importam-se de fazer um decreto a dizer aos maridos que é ilegal matar as esposas? É que, de acordo com o Correio da Manhã, que me dizem ser um jornal péssimo e até faz fotogalerias das vítimas, já houve muitas esposas que morreram este ano vítimas de abuso doméstico.

Se calhar, o abuso é ilegal, mas a morte por abuso não é. De qualquer das formas, já nem dá para contar pelos dedos das mãos e dos pés o número de mulheres mortas. Ilegalizem isto, se faz favor, a ver se resolvemos tudo a bem. Eu tenho uma sugestão: talvez ajudasse obrigar os conjuges a gravar na aliança "Proibido matar o meu parceiro", já que prometer amar para o resto da vida não surte efeito.

Obrigada!
Rita do Texas

P.S. Nem todas as vítimas eram casadas com os agressores? Também há vítimas homens e crianças? Ah, mas isso são detalhes... Ilegalizem a morte por violência doméstica e já dá para tudo!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.