segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

Bolos e bolinhos

Estava a tentar responder a um comentário num post anterior, mas não consigo porque o Chrome e o Safari não funcionam muito bem com o blogger, quando se está num MacBook. No entanto, gostaria de deixar aqui a informação pedida. Talvez já tenham reparado pelo que escrevo que o meu sistema digestivo avariou há quase dois anos e deixei de poder comer certos ingredientes. 

Não é de todo uma questão de moda ou até de mania da minha parte porque quando como as coisas que comia, fico bastante doente fisicamente, desde manchas na pele, a borbulhas na cara, retenção de fluídos, acumulação de magnésio, dores nas articulações, etc. Mesmo mentalmente fico cansada e não estou tão alerta.

Há uns meses descobri um livro de bolos e bolachas que tem sido bastante bom para mim, o Sweet Laurel. É o livro de receitas de uma loja de bolos na Califórnia, que foi fundada por uma rapariga que tem a doença de Hashimoto, uma doença que afecta o sistema imunitário. Não julgo que seja esse o meu problema, mas a mudança da dieta que resulta para ela também resulta para mim. A parte boa deste livro e destas receitas é que sabem a comida normal e não usam gomas, nem coisas muito esotéricas na maior parte dos casos (eu não cozinho com matcha, colagéneo, adoçantes marados, etc.).

Ultimamente, para o pequeno-almoço tenho feito estes popovers, que irão sair no novo livro de salgados, o Sweet Laurel Savory. Também já fiz este bolo de citrinos e saiu muito bem, só é preciso ter em atenção o tempo de cozedura porque não é o mesmo para todos os fornos. Note-se que os bolos sem glúten tendem a colar-se a formas, logo convém forrar com papel vegetal. 

P.S. Isto não é um post patrocinado.

   

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.