segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Version 2.279

E, pronto, o Tom Brady vendeu mais uma super-taça. Decerto que muito boa gente devia estar a torcer contra ele e a dizer "Fuck Tom Brady!" Só que depois devem ter-se lembrado que quem está a cargo desse serviço é a Gisele Bündchen. Chato, não?

A Super-Bowl estava cheia de diversidade e tolerância. Acho que o pessoal entrou nos eixos e descobriu que, se querem fazer dinheiro, têm de agradar à maioria dos consumidores. Já não há retorno, as pessoas não estão nada tolerantes; muito pelo contrário, anda tudo com os nervos à flor da pele e querem todas estas coisas resolvidas ontem, savo seja.

Mesmo os Biden, na introdução do jogo, estavam de luto, salvo seja, e tentaram dar um tom hiper-sóbrio à sua mensagem. Devo confessar que, depois de quatro anos a acordar sempre a pensar "Que raio escreveu o Trump no Twitter desta vez?" uma pessoa sente uma certa anormalidade quando sejeitos a esta tranquilidade da ausência de notícias malucas. Esta semana, começa o segundo julgamento de impugnação do Trump.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.