sexta-feira, 5 de março de 2021

Version 3.304

Finalmente, tivemos dois dias de sol seguidos. Um tempo fabuloso, óptimo para ficarmos em casa a trabalhar em frente ao computador. Estou a gozar... A meio da tarde fui passear com o Julian e encontrei um dos meus vizinhos a trabalhar no jardim. Estava a retirar os restos de dois cedros que tinham caído com o peso do gelo e da neve durante as tempestades. 

No boletim mensal da vizinhança, que foi entregue hoje, uma foto mostrava duas árvores caídas a bloquear um dos becos de serviço e um vizinho agradecia outros vizinhos pela ajuda em retirar as árvores do caminho para assim conseguir conduzir o carro até à garagem. Um outro vizinho agradecia um casal por ter andado a bater de porta em porta para se certificar que os vizinhos estavam bem. Há muitas pessoas reformadas na vizinhança e é simpático que os vizinhos cuidem uns dos outros.

Quando vi o vizinho a retirar as árvores caídas aproveitei para lhe perguntar como é que ele cuidava das dálias, dado que vi que tinha plantado algumas na primavera passada. Disse-me que não as tinha desenterrado no final da estação e que pensava que teriam morrido com o frio. Trocámos mais algumas impressões sobre jardinagem e, no final, desejou-me um óptimo passeio, que desfrutasse o tempo fantástico de hoje. Fui-me embora, mas esqueci-me de lhe perguntar o nome. Terei de conversar com ele outra vez.  

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.