domingo, 7 de março de 2021

Version 3.306

Penso que em 2005, já não me recordo a que propósito, fui à página de Internet do Continente, fiz compras online, e mandei entregar em casa dos meus pais. Nessa altura, era impossível comprar mercearias online nos Estados Unidos para serem entregues em casa. A Instacart, provavelmente o serviço mais popular nessa área, foi fundada em 2012, mas só nos últimos três anos é que teve mais tracção. 

Há 16 anos, já tinha sido Primeiro Ministro, um tal de António Guterres que tinha uma paixão pela educação, e Portugal estava prestes a ter um tal de José Sócrates que quis revolucionar o ensino em Portugal com computadores para todos os jovens, os Magalhães.

Isto são dois exemplos, mas temos mais de 15 anos de história de coisas que davam jeito para a pandemia. Agora, a menos de duas semanas do primeiro aniversário do confinamento inicial, Portugal está fechado, sem que haja qualquer noção de como abrir o país, apesar de já terem aberto o país uma vez há uns 10 meses.

Como é possível ser-se menos preparado à segunda vez do que à primeira? Que dizer que gente deste calibre ganhe eleições repetidamente? À primeira caem todos, mas cair-se tantas vezes demonstra qualquer distúrbio mental.

E a Comunicação Social todos os dias a elogiar um desempenho medíocre. Ao menos que haja silêncio em vez de disseminação de mentiras e branqueamento de incompetência.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.