quinta-feira, 24 de março de 2016

Radicais humanistas

"There is this to say apropos the advanced art of our time: that the critical problemas of direction and quality are not kept distinct. Because a given work has originated in the most "modern" milieu, it is supposed to be valuable ipso facto, just [as] we sometimes assume unthinkingly that because so-an-so is a radical in his politics, he must be a humanist as a man. Otherwise art and politics were only specialized games. But in practice, we can judge nothing but a man's politics from his politics."

~ Robert Motherwell, Review of Calder's Three Young Rats (1944), in "The Writings of Robert Motherwell"

Dois pontos: (1) as preferências políticas, e até as religiosas, são apenas isso e não há qualquer implicação de que sejam condições necessárias ou suficientes para que as pessoas que as tenham sejam humanistas ou sequer boas pessoas; e (2) a escrita do Robert Motherwell é orgásmica!

4 comentários:

  1. Ponto 1 - Sim; Qualquer um pode ser o que for, sem nessessáriamente ter de preferir sê-lo, através de qualquer credo, filiação ou simpatia.
    Ponto 2 - A escrita do Roberto é orgásmica para ele, ou para o leitor. É que talvez eu esteja a necessitar consultar o urologista...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gosto muito da escrita dele -- muito, muito, mesmo...

      Eliminar
  2. "Humanist" tem geralmente em Inglês um significado diferente do que tem em Português.

    Para simplificar: https://en.wikipedia.org/wiki/Humanism

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mais complicado do que isso, pois ele escreveu isto em 1944. Muita água já correu por baixo dessa ponte...

      Eliminar

Não são permitidos comentários anónimos.