terça-feira, 1 de março de 2016

ARR que votou...

A Rita Reaccionária (ARR) que votou esta manhã nas primárias aqui da terrinha decidiu votar nas primárias democratas em vez de nas republicanas. As democratas eram no Centro Cívico; as republicanas eram numa igreja. Lá se vai o estado laico, mas acho que ele já se foi há muito tempo: "In God we trust! All others must pay cash..." ARR votou na Hillary e a favor de todas as causas dos democratas. Go America, the Beautiful!!!

P.S. O cognome de Rita Reaccionária foi-me carinhosamente dado pelo Luís Gaspar. Só tenho pena de não ter pensado nele antes porque é muito bom. "A Rita do Texas", que me foi dado pela Fernanda Câncio, também é genial--e tem tudo a ver comigo: ART... 

A máquina onde se vota.

Algumas das causas que foram a referendo.

Proud to be an American! Deram-me um autocolante e tudo. Sim, havia pessoas a fazer campanha à porta do Centro Cívico...






8 comentários:

  1. Se Hillary ganhar a Casa Branca, vai ter de se certificar que não entre nenhum secretário na Sala Oval, envergando fato azul.
    Azul, oval e secretários(as) são um trinómio capaz de obrigar um presidente a demitir-se.

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Acho que era a opção mais lógica neste momento...

      Eliminar
  3. Eu devo ser democrata lá no fundo porque até decidi usar azul hoje...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim... já que se decide ser democrata, que seja bem até lá no fundo!

      Eliminar
  4. Qual a lógica de votar em alguém cuja capacidade de julgar e decidir foi directamente responsável por levar a anarquia e a proliferação de organizações terroristas para extensas regiões contíguas à Europa, criando milhões de refugiados sem destino?http://www.nytimes.com/2016/02/28/us/politics/hillary-clinton-libya.html?hp&action=click&pgtype=Homepage&clickSource=story-heading&module=span-ab-top-region&region=top-news&WT.nav=top-news&_r=1
    Alguém com dois dedos de testa tinha dúvidas que esse era o fatal resultado de retirar à bomba a autoridade de um território tribal sem tradições democráticas? O que nos pode fazer pensar que, na presidencia, não vai tomar decisões iguais ou piores?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chama-se democracia: eu decido como interpretar a informação e como agir sobre ela para escolher em quem vou votar.

      Eliminar
  5. A Democracia é uma prática, não uma lógica. Às vezes, é uma prática que conduz a grandes desastres, logicamente.

    ResponderEliminar

Não são permitidos comentários anónimos.