quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Um fartote

A Rita diz que um governo de gestão não é o pior para Portugal; é o pior para António Costa. Não é só Costa que anseia pela sua nomeação como primeiro-ministro – aliás, o homem nas últimas intervenções até já dá sinais de desespero, chega a ser patético. A seguir a Costa, ninguém deve desejar mais a nomeação de um governo socialista do que Marcelo Rebelo de Sousa. Imagino que o homem reze todos os dias um terço (ou um rosário) a pedir a Deus Nosso Senhor que ilumine Cavaco Silva nestes dias de aflição. Lembram-se da rábula de Ricardo Araújo Pereira sobre a posição de Marcelo na lei do aborto? Se bem me lembro, era assim: “É legal? Não. Mas pode? Pode.” Que diria agora Marcelo se Cavaco optasse por um governo de gestão? É legal? É. Mas pode? Não pode, pode, talvez. Era um fartote.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.