quinta-feira, 19 de março de 2015

Problema resolvido

Quem tem um iPhone, já deve ter reparado que o dicionário de português que o autocorrector usa é uma porcaria. Eu escolhi o dicionário de português de Portugal, mas o meu telefone insiste em dar-me sugestões do português do Brasil. E depois tem as questões do vernáculo, pois o dicionário não gosta que eu escreva asneiras. Eu não tenho o hábito de dizer asneiras, mas tenho um grupo de patetices no Facebook onde a comédia implica que de vez em quando se diga uma asneira. Ou então quando eu estou a tentar dizer alguma coisa a um amigo ou amiga e digo uma asneira só para criar choque porque eles, conhecendo-me bem, sabem que não é uma coisa que eu costume fazer no dia-a-dia. Mas vocês já devem ter reparado nisso porque eu também escrevo assim por aqui. No meu grupo de patetices, muitas vezes aparece um "fofa-se", porque o autocorrector do iPhone acha mal que eu diga asneiras em português, apesar de não ter qualquer problema quando eu escrevo "Fuck the police!"

Mas agora com o "multipliquem-se", basta eu escrever "multiplica-se" no iPhone e está o assunto arrumado. Obrigada senhora Ministra das Finanças por esta solução tão prática. Pena que o pragmatismo não se estenda a outros assuntos.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.