quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

À altura?

"Nunca tive complexos com a minha altura porque sempre tive muitos pretendentes", terá dito Maria de Belém ao jornal Sol. E com esta declaração não esteve à altura do cargo a que se candidata. Nem do feminismo que ostenta. Bem pode ter escolhido a igualdade de género para tema do quarto dia de campanha: a defesa do papel da mulher na sociedade não casa bem com fazer da auto-confiança feminina função do número de pretendentes. Mas, sobretudo, homem ou mulher, devia saber que é o que se tem dentro da cabeça - e não a distância a que esta de se encontra do chão quando se está de pé - que é o importante.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.