terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Alice

`No, no!’ said the Queen. `Sentence first–verdict afterwards.’
`Stuff and nonsense!’ said Alice loudly. `The idea of having the sentence first!’
`Hold your tongue!’ said the Queen, turning purple.
`I won’t!’ said Alice.
`Off with her head!’ the Queen shouted at the top of her voice. Nobody moved.
`Who cares for you?’ said Alice, (she had grown to her full size by this time.) `You’re nothing but a pack of cards!’

~ Lewis Carrol, Alice in Wonderland, capítulo XII

Foi há dois anos que um amigo meu começou a dizer que eu parecia uma Alice: entrava a matar... Gostei da ideia e, para não me esquecer de ser Alice, fui à etsy e comprei uma gravura de Salvador Dali com a Alice (Alice's Evidence) e pendurei-a no meu quarto. De manhã, quando acordo, a Alice é uma das primeiras coisas que vejo.

Ontem foi o aniversário de outra Alice, mas essa não parecia, era mesmo:

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.