terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Empréstimos de mim

Os dias não correm;
discorrem de mim.
Levam-me em pedaços,
Minutos, segundos, e afins.
Gastam o meu íntimo,
desgastam-me até ao fim.
Peço-me emprestada aos outros
Para não morrer assim.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.