sexta-feira, 3 de julho de 2015

Pseudo-feriado

Amanhã é o dia da independência americana. Como o feriado calha a um Sábado, temos a Sexta-feira de folga. Quando o feriado calha a um Domingo, tira-se a Segunda-feira. Nem todas as companhias observam esta convenção, mas dado que a Chicago Mercantile Exchange observa, eu não trabalho hoje porque a minha companhia segue o calendário da CME. 

Aqui há uns anos, falou-se em adoptar uma medida semelhante em Portugal, mas as pessoas acharam que era uma coisa que não tinha jeito nenhum. Eu acho muito jeitosa esta medida dos capitalistas exploradores do proletariado.

Estou na Rice Village, numa pastelaria francesa chamada Croissant-Brioche, onde servem a minha marca de café preferida, Danesi, que é italiana. Quando quero tomar uma bica de jeito--aqui chama-se espresso--, venho aqui. Ao Domingo também servem uns mil-folhas muito bons, mas eu tento não vir cá ao Domingo porque a tentação é muita. Aqui vai uma foto daqui. O décor é "French Country", que é um bocado passé, apesar do estabelecimento ter apenas pouco mais de um ano. 



Ah, e como estamos na Rice Village, não poderia deixar de partilhar convosco uma pequena curiosidade. Numa das esquinas, encontra-se um pequeno graffitti: uma referência ao episódio de Rosa Parks, uma figura muito importante no movimento dos direitos civis americano. 

Bom fim-de-semana...






Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.