sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Amadorismos

"É um bocadinho de amadorismo para quem ganhou tantos prémios de melhor CEO do ano, melhor CEO da Europa e arredores, não é?". Foi assim que a deputada do BE Mariana Mortágua cobriu de ridículo o (ex) super gestor da PT Zeinal Bava, ontem na Comissão de Inquérito ao BES. O homem parecia ter sofrido um ataque de amnésia e não se lembrava de nada relacionado com os actos de gestão ruinosos da PT, nomeadamente os 900 milhões de euros aplicados na Rioforte.

Por falar em amadorismo, o que dizer do facto deste senhor continuar a andar por aí à solta, na maior das impunidades? E ao Ricardo Salgado e a toda aquela tropa fandanga de super gestores do BES, quando é que a mão da justiça lhes cai em cima com força? Sem punições expeditas e exemplares, a regulação e a supervisão não passam de “um conto de crianças”.



Sem comentários:

Publicar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos.